Exatamente às 22:00h do dia 09 de outubro de 2002 o Paixão e Ternura entrou no ar, pela primeira vez, e posso afirmar que esse foi um momento muito marcante na minha vida.
Não pelo simples fato de colocar um site no ar que, vejo agora, é uma coisa tão corriqueira, porque centenas, talvez milhares de novos sites entram por dia na rede.

Marcou porque para mim aquele foi o momento da realização de um sonho e, mais ainda, uma grande realização pessoal. Foi o grande momento em que pude provar a mim mesma que quando se tem um objetivo e se quer realmente alcançá-lo TUDO é possível.

Até alguns meses antes eu não tinha a menor noção do que era "construir um site". Como muita gente, acredito,  ficava extasiada ao entrar em sites de poesias e ver aquelas imagens maravilhosas e nem me passava pela cabeça que um dia eu poderia ter o meu próprio cantinho na net. Eu entrava em todos os sites de poesias e mensagens que ia encontrando, via tudo, lia tudo e ficava admirando  as pessoas que tinham feito aquelas páginas tão lindas.

Até que um dia entrei num site que, pelo contador de visitas que marcava apenas 300 e poucos, percebi que estava começando. Fui olhando tudo com muita atenção até que cheguei à página que falava sobre a pessoa que o construiu, a ANA AMÉLIA. Imaginei que se tratava de uma pessoa simples e muito carinhosa pelo seu modo de se expressar. Gostei do jeitinho dela logo de cara e voltava sempre àquele site pra ver as novidades. Percebia que sempre tinha coisas diferentes e fui e acompanhando o desenvolvimento daquele site. Nem tive a idéia de escrever para ela contando da minha admiração... só depois de muito tempo é que sentí como isso é importante...

Acho que de tanto admirar o trabalho dela de repente me deu um estalo e pensei: "porque eu também não tento aprender como se faz isso?". À partir daí, e com dicas de outros sites, comecei a pesquisar na própria net como construir um site.
Foram meses de pesquisa, centenas de páginas que eu imprimia para manter as informações sempre à mão, e muita dedicação para aprender sozinha desde como abrir o Front Page até criar minha primeira página .

O tempo passou e chegou o grande momento: finalmente o Paixão e Ternura estava no ar.
Foi uma alegria imensa ver o meu trabalho nessa telinha e me sentia muito recompensada a cada mensagem carinhosa que recebia em meu email e a cada recadinho que as pessoas deixavam no meu Livro de Visitas.

Uns 3 meses depois de estar no ar encontrei nesse meu livro um recado de uma pessoa muito especial... a "dona" daquele site que eu vinha acompanhando e admirando há tanto tempo, sem nem imaginar que eu era sua admiradora, descobriu por acaso o meu site, ainda tão minúsculo, e me deixou uma mensagem muito carinhosa.

Nem acreditei que quem assinava a mensagem era a própria ANA AMÉLIA DONÁDIO, da ROMANTIC HOME, que já estava com um site enorme e cada dia mais lindo. Só então ela ficou sabendo dessa história que acabo de relatar e desde aquele dia nos tornamos grandes amigas, primeiro virtuais e depois amigas reais mesmo.

Desde esse nosso primeiro contato ela, minha querida amiga e mestra ANA AMÉLIA, tem sido, além de uma amiga muito leal, a minha maior incentivadora e tem me ensinado tudo o que eu não consegui aprender sozinha pela internet.

Não posso aqui ser injusta e deixar de dizer que muitas outras pessoas, igualmente muito queridas, têm me incentivado e me ajudado a levar em frente e a tentar melhorar a cada dia o trabalho a que me propus.
Gostaria de citar aqui o nome de todas essas pessoas e agradecer por tudo de bom que tem me transmitido cada uma delas, poetas e poetisas que me confiaram seus textos, amigos que conquistei na rede, amigos pessoais e todos os que de alguma forma fazem parte da minha vida. Só que não posso correr o risco de esquecer algum nome, não é?

Mas neste PRIMEIRO ANIVERSÁRIO DO PAIXÃO E TERNURA, peço licença a todos vocês meus amigos queridos, e gostaria que se juntassem a mim, para homenagear essa pessoa tão especial, que muito me influenciou e ajudou a chegar até aqui, a  ANA AMÉLIA DONÁDIO a quem estou, à partir de agora, com muito prazer  elegendo simbólicamente a  "MADRINHA DO PAIXÃO E TERNURA"


Obrigada amiga Ana Amélia! 
Sem sua ajuda e ensinamentos o Paixão e Ternura não teria o menor brilho.

Obrigada meus amigos queridos por esse 
"PRIMEIRO ANO DE PAIXÃO E TERNURA!"

Que Deus nos permita comemorarmos muitos outros anos com 
sincera amizade, carinho e ternura!

Beijinho carinhoso no coração de cada um de vocês!



Terê

Quer enviar essa página para alguém especial?

    
Adicione "Paixão e Ternura" aos seus Favoritos

     
  

   
 
Página editada em 08/10/2003

Atualizada em 06/01/2006


 

PAIXÃO E TERNURA By Terê Paetê

Todos os direitos reservados. All rights reserved.

http://www.paixaoeternura.com