FUGA
 

Era só uma fuga da solidão, do medo,
de um vazio que me sufocava,
de um esperar constante de algo 
que poderia acontecer não sei quando.

Te encontrei nesse tempo, 
um tempo cheio de incertezas, inseguranças 
e uma vontade imensa de experimentar algo novo.

Você foi tudo de bom,
me ensinou a rever alguns valores,
 rir de coisas bobas e até de coisa nenhuma,
rir pelo simples prazer de achar graça em tudo.

Hoje eu fujo da saudade,
do medo de te perder
quando me deixas mais de um dia
sem ouvir a tua voz.

Porque você... 
não foge de tudo agora
e vem ficar comigo?

Vamos fugir juntos
para um lugar cheio de risos
e suspiros de pura paixão?


®DireitosAutoraisReservados©
Proibida a cópia sem autorização da autora.

Esta poesia me foi gentilmente cedida pela querida amiga "Kabritta"

  

Envie esta mensagem para alguém especial!

Click na imagem abaixo

 

 

. 

Página editada em 08/03/2003

Atualizada em  06/01/2006




PAIXÃO E TERNURA By Terê Paetê

Todos os direitos reservados. All rights reserved.