Nunca pensei que um dia pudesse estar sem você.
Ver nossa cama vazia, seu travesseiro ao lado,
colcha jogada,
noites mal dormidas sem consigo estar abraçada.

Fecho os olhos e ainda posso senti-lo.
Ouço você chegando,
num caminhar compassado vindo ao meu encontro,
esquecendo a vida lá fora, me abraçando
e com um beijo ardente me devorando.


O cheiro do seu perfume ainda está por toda parte.
Fico esperando deitar-se ao meu lado
e carinhosamente no seu peito me aconchegar
dizendo bem baixinho: amo você.

A espera é inútil pois você não está aqui.
Entro em desespero e tenho vontade de chorar,
gritar o seu nome bem alto,
mas me contenho e me sinto sufocar.


Já não consigo controlar essa saudade
que teima em machucar meu coração.
As vezes penso que não irei suportar
essa distância que insiste em nos separar.
Mas o amor que sinto por você é tão grande
que mesmo sofrendo, continuo a te esperar.


.:**:..:**:..:**:..:**:.

Ana Amélia Donádio

®DireitosAutoraisReservados©
Proibida a cópia sem autorização da autora.

Visite o site da autora:  Romantic Home
 

 

 




 
Adicione "Paixão e Ternura" aos seus Favoritos

  
  

 
    
Página editada em 28/11/2006

Atualizada em 30/11/2006

.:**:..:**:..:**:..:**:.

PAIXÃO E TERNURA By Terê Paetê

Todos os direitos reservados. All rights reserved.

Stationery by Tineke

http://www.paixaoeternura.com